FaceBookYoutube

A Mágica Aventura Africana (2017)

amagicaaventura-logo-squareSINOPSE

O guerreiro Najan, filho de Lubá, o contador de histórias, está morrendo aos poucos de tristeza, ao lado de Anaí, sua esposa. Terríveis acontecimentos têm assombrado a vida do jovem casal. Três vezes Anaí ficou grávida e nas três vezes após o parto, na noite funesta, um estranho encantamento caiu sobre a aldeia, fazendo com que todos dormissem como que embriagados. Ao despertar, Najan foi até o leito do filho e constatou que o menino havia desaparecido. No terceiro desaparecimento, Najan, desconsolado, encontra Lumata, a deusa da vida que desvendará os mistérios que espantam sua felicidade.

“Uma peça deliciosa e diferente. Estas são apenas duas razões que fazem de “A Mágica Aventura Africana” uma das boas surpresas da atual temporada infantil. Mas existem outras. E boas. O texto de Caio de Andrade é um resgate da tão falada e pouco vista raiz negra da nossa cultura. O autor baseou-se em duas lendas africanas – A Perdiz Volo e O Peixe Gato – para compor um espetáculo cheio de magia e emoção.”  

Assim começa o texto da crítica de teatro de O Globo, Mona Bittencourt publicada, em setembro de 1988, após a estreia de “A Mágica Aventura Africana”, no Teatro Dulcina, no Rio de Janeiro. Em 2017, a peça ganha uma nova montagem com a COMPANHIA DE JOVENS ATORES DO TEATRO TERESA D’ÁVILA. As apresentações aconteceram nos dias 30 de junho, 01 e 02 de julho, às 20h00.


ELENCO

•  Camilla Zappa
•  Enzo Henrique
•  Giovanna Hespaña
•  João Vitor Santana
•  Karen Rodrigues
•  Lara Batista
•  Luciana Rosa
•  Luísa Fernandes Sarkis
•  Maria Clara Eloy
•  Maria Júlia Moura
•  Maria Luísa Cavalca
•  Natalie Eskelsen
•  Pedro de Paula
•  Rafael Pacheco
•  Vinicius Félix
•  Vitória Fernanda


FICHA TÉCNICA

•  Texto e Direção: Caio de Andrade
•  Cenário – Polyana Zappa
•  Figurino – Karine Andrade Iluminação – Yago Santtos
•  Sonorização – Tuti Soares
•  Preparação Corporal – Dieine Moraes
•  Assistente de Direção – Heidi Toyama
•  Programação Visual – João Pedro Bernardes de Aquino
•  Fotografia – Beatriz Villela
•  Bilheteira – Ronei Euzébio
•  Produção – Teatro Teresa D’Ávila


TEATRO

• Teatro Teresa D´Ávila (Lorena-SP)