FaceBookYoutube

PUBLICAÇÕES

HISTÓRIA EM CENA – Três Textos Juvenis Inspirados na História do Brasil.
2013

capa livroNo dia 21 de dezembro de 2013, Caio de Andrade, roteirista, produtor, dramaturgo e diretor teatral, promoveu, na Academia de Letras de Lorena – SP, o lançamento do seu livro HISTÓRIA EM CENA – TRÊS TEXTOS JUVENIS INSPIRADOS NA HISTÓRIA DO BRASIL. “O Mandarim do Imperador”, “A Rua da Fortuna” e “O Jeca Voador e a Corte Celeste” foram os textos de Caio de Andrade escritos para teatro e selecionados para compor o primeiro volume de uma coleção de três livros (os outros dois serão lançados em breve) que tem como objetivo aproximar jovens de 12 a 17 anos do fazer teatral.

Textos que já foram montados no Rio de Janeiro, São Paulo, viajaram por várias cidades do país, ganharam críticas entusiasmadas e prêmios importantes (“O Jeca Voador”, por exemplo, ganhou o Prêmio Maria Clara Machado de Melhor Espetáculo / 2002).

A U’KA EDITORIAL, que pertence ao também escritor Daniel Munduruku (um dos autores que representou o Brasil na última Feira do Livro de Frankfurt), é a parceira do dramaturgo nessa empreitada.


Coleção Aplauso: "Célia, Entre o Mundo e a Minha Voz"
2010
São Paulo-SP

capa livro aplausoConvidado por Rubens Ewald Filho para integrar a equipe de escritores que participa da série “Aplauso” – publicação da Imprensa Oficial do Estado de São Paulo que registra a biografia de personalidades do teatro e da música -, Caio de Andrade escreve sobre a vida e a carreira da cantora Célia.

Foram oito meses de trabalho entre pesquisas, entrevistas, encontros em estúdios e shows, vasculhando o universo profissional e a vida pessoal da respeitada intérprete da MPB. O livro foi lançado no dia 17 de outubro, no Museu da Imagem e do Som, na capital paulista.

 

 

 


Coletâneas da Academia de Letras de Lorena.
2010 / 2014

capa livros coletaneasMembro fundador da ACADEMIA DE LETRAS DE LORENA, fundada em 21 de março de 2009, ocupando a cadeira de número 28 – cuja patrona é a professora Ruth Capistrano -, Caio de Andrade vem participando de todas as coletâneas publicadas anualmente pela instituição desde o primeiro lançamento em 2010.